> Notícias > Festival internacional de papagaios vai animar Alcochete
Share |
Enviar a um(a) amigo(a)E-mail      ImprimirImprimir      FavoritosFavoritos      Adicionar comentárioComentários

Festival internacional de papagaios vai animar Alcochete


O limite é o céu e a imaginação dos amantes dos papagaios. Não há cores nem formas proibidas. Exige-se perícia e imaginação, força nos braços. E vento. De dia e de noite, na versão iluminada. Chegam de Portugal e de vários países da Europa. O Festival Internacional de Papagaios de Alcochete (FIPA) está de volta à praia dos Moinhos nos próximos dias 29 e 30 de Junho e 1 de Julho, numa iniciativa que promete ser um festival de cor e animação, aberta aos participantes profissionais, mas também à população em geral, pois como refere Paulo Machado, vereador da Cultura da Câmara Municipal de Alcochete, "lançando papagaios, todos serão mais felizes".


Este ano, o FIPA vai centrar-se na praia dos Moinhos – palco, actualmente, de várias obras que, no futuro, vão tornar a área mais aprazível para quem aí se deslocar –, onde, segundo Carlos Soares, da Gilpapagaios, vai estar presente “o maior número de equipas de sempre”. A novidade é a participação de várias equipas de topo europeias, prova que “o festival atingiu a maturidade”, uma vez que são os próprios participantes, responsáveis também pelo fabrico dos papagaios que fazem evoluir nos céus, que “pedem para vir”.

 

Paulo Machado destaca o facto do festival contribuir para cumprir um desiderato da autarquia e do movimento associativo local, pois ao animar o espaço da praia está a dar “uma resposta a um conjunto de necessidades da população”, nomeadamente no que se refere à relação directa com o ambiente e a prática de actividades ao ar livre, o que ajuda ao desenvolvimento dos índices da qualidade de vida da população. E o lançamento de papagaios é um forte incentivo para se atingir esse objectivo, pois “faz parte do imaginário que envolve as famílias”.

 

O FIPA contribui, ainda, para a divulgação da prática de desportos náuticos e eólicos não poluentes, que a autarquia alcochetana pretende desenvolver. Desta forma, e no âmbito da requalificação da zona ribeirinha do concelho, está prevista a construção na zona da praia dos Moinhos, adianta o vereador, de um “espaço para apoio directo às actividades eólicas”, onde os praticantes de kitesurf e os adeptos dos papagaios poderão deixar os seus equipamentos e materiais, bem como proceder aí à sua manutenção.

 

Entre as actividades previstas no programa, Carlos Soares destaca uma exposição de papagaios pintados por artistas espanhóis, alguns de renome mundial, bem como a exibição das equipas participantes no festival e o espectáculo nocturno com papagaios luminosos e um espectáculo nocturno de kitesurf. Mas as actividades previstas são muitas, caso de um espectáculo de fado para assinalar a recepção aos participantes no festival, e o melhor mesmo é uma visita ao FIPA, onde há muitas surpresas para os mais novos.

 

A organização do FIPA volta, e mais uma vez, a demonstrar o seu espírito solidário e vai apoiar duas instituições de solidariedade social, casos da Raríssimas e da delegação de Setúbal da Associação Portuguesa para as Perturbações do Desenvolvimento e Autismo. Facto que Paulo Machado realçou, pois permite a participação no festival de “todo o tipo de crianças, que podem fabricar e lançar papagaios”. Uma ideia que “é estimulante” para todos os mais novos, e também os mais velhos, e que acaba por fazer do festival “um espaço de reconhecimento das diferenças”.

 

No final, o vereador da Cultura da Câmara Municipal de Alcochete lançou um desafio à Gilpapagaios: “Gostaríamos que Alcochete pudesse avançar com uma ideia semelhante à da equipa de papagaios espanhola e pedir aos artistas locais para pintarem papagaios”.


Paulo Morais - 20-06-2007 17:19

Share |
Enviar a um(a) amigo(a)E-mail      ImprimirImprimir      FavoritosFavoritos      Adicionar comentárioComentários

Artigos Relacionados...

Lucros do festival de papagaios vão reverter a favor de uma IPSS

Festival de Papagaios anima Alcochete



Veja também...

Sines vai ter novo centro de saúde

Sesimbra, Setúbal e Palmela recusam pagar alojamento a médicos

Voluntários combatem espécies invasoras na Mata da Machada

Enfermeiros contra decisões do Hospital de Barreiro e Montijo

Seixal Graffiti promove arte urbana e alarga âmbito