[ Edição Nº 20 ] – Hiate leva Setúbal à Expo'98.

0

barra-4363807 Edição Nº 20,   18-Mai.98

linha-5184135

Hiate leva Setúbal à Expo’98

           A embarcação “Hiate de Setúbal”, propriedade do Clube Naval Setubalense vai estar em exposição no cais nº4, na Expo’98, a convite da própria Expo. Uma representação que acabou por se alargar graças a uma parceria com a Região de Turismo, a Câmara Municipal, a empresa Navigomes e a Associação Empresarial da Região de Setúbal, AERSET.           O “Hiate de Setúbal”, uma embarcação típica do rio Sado, recuperado pelo Naval com a ajuda financeira da empresa Navigomes, partiu no Domingo, dia 17 para Lisboa, onde ficará ancorado na Doca da Marinha, à espera de autorização para entrar no cais nº4, na Expo, onde ficará exposto durante toda a exposição mundial. A bordo vai estar o que de melhor Setúbal pode oferecer aos turistas, garantem as entidades organizadoras.

          O convite foi feito ao Naval Setubalense pela organização da Expo, inicialmente para a semana da Costa Azul. Mas o presidente do Naval, Jorge Costa, não perdeu tempo e pediu “a ajuda da autarquia e da Navigomes, entidade que pagou a recuperação do Hiate, para além da Região de Turismo e da AERSET”, avançou ao “Setúbal na Rede”, durante a cerimónia de partida simbólica da embarcação, que decorreu no Sábado, dia 16. Segundo Jorge Costa “todos aceitaram com enorme satisfação, pelo facto de isso permitir uma boa representação de Setúbal na exposição mundial”.

          Assim, as entidades participantes “financiam a participação do Naval na exposição, a Região de Turismo paga as roupas da tripulação”, constituída por 18 jovens escolhidos pela delegação de Setúbal do Instituto da juventude, e um conjunto de documentação para oferecer aos turistas, com todas as belezas da região de Setúbal. A representação setubalense vai custar cerca de 4 mil contos.
          Orgulhoso da participação do barco tradicional de Setúbal na Expo, o presidente o Clube Naval garantiu ao “Setúbal na Rede”que, “durante os cinco meses de exposição, vamos mostrar aos visitantes todas as potencialidades de Setúbal, visto que cada uma destas entidades que fizeram parceira connosco vão estar presentes, durante uma semana cada, a bordo do Hiate de Setúbal”.
          Luis Filipe Gomes, o responsável pela empresa Navigomes, uma das patrocinadoras do projecto, garantiu ao “Setúbal na Rede” que a ideia de ajudar “nada teve a ver com ideias de promoção da empresa” mas sim com a satisfação de “ajudar, tal como as outras entidades, para que Setúbal esteja representada na última exposição do século”. Luis Filipe Gomes considera ainda que “esta tarefa devia ser assumida por todos porque, enquanto cidadãos, todos devemos auxiliar na projecção do distrito de Setúbal”.

Etelvina Baía     

seta-6860032