[ Edição Nº 29 ] – Setúbal representa IPJ na Expo'98.

0

barra-3424443 Edição Nº 29,   20-Jul.98

linha-2713454

Setúbal representa IPJ na Expo’98

           A Secretaria de Estado da Juventude apresentou, no dia 19, no Pavilhão do Território, na Expo’98, o projecto de reformulação do Serviço Voluntário Europeu, com o intuito de o tornar mais eficaz e mais acessível aos jovens que pretendam aderir.
          A apresentação foi feita pelos responsáveis do Instituto Português da Juventude, com a participação da delegação de Setúbal do IPJ, no dia que o Pavilhão do Território dedicou ao Jovem Voluntário.
          Quatro jovens oriundos de Itália e de França, formados pela delegação de Setúbal do IPJ, no âmbito do voluntariado europeu, integraram a cerimónia de apresentação das alterações ao programa comunitário Serviço Voluntário, uma cerimónia que arrancou com um espectáculo promovido pelo grupo de teatro Imagine e pelo Teatro do Elefante, ambos de Setúbal, preparado em conjunto com os quatro jovens formados na delegação regional do IPJ.           A apresentação oficial que contou ainda com a presença do delegado distrital do IPJ, Rui Canhão, visou dar a conhecer algumas das alterações fundamentais ao programa comunitário de voluntariado que, a partir deste ano terá uma duração que pode ir de seis meses a um ano e garantirá uma bolsa de estudo e o pagamento dos transportes e dos alimentos aos jovens voluntários entre os 18 e os 25 anos, para além da formação ao nível do voluntariado. Estas medidas vêm contrariar as anteriores que previam a divisão das despesas pelos organismos juvenis do país de origem e pelo país de destino do jovem voluntário.           A iniciativa do IPJ na Expo’98 levou à exposição mundial de Lisboa mais de 200 jovens voluntários portugueses e estrangeiros, para além de associações juvenis e entidades com trabalho no âmbito do voluntariado europeu, nomeadamente junto de populações carenciadas e ao nível da protecção ambiental.

          Dia do jovem lusodescendente
          Os jovens europeus acabaram por ser as estrelas do Pavilhão do Território durante todo o fim de semana, já que no sábado, por ocasião das comemorações do Dia do Jovem Lusodescendente, estiveram presentes algumas dezenas de jovens descendentes de portugueses, oriundos de diversos países da Europa.           A presença destes jovens que vieram a Portugal para o primeiro encontro nacional de descendentes de emigrantes portugueses, relacionou-se com a cerimónia de assinatura do acordo de alargamento da Rede Nacional de Informação Juvenil às comunidades de lusodescendentes residentes no estrangeiro.

          É uma forma de “reforçar os laços entre as comunidades e servir de estímulo à participação cívica dos jovens, promovendo a igualdade de oportunidade entre todos”. A afirmação é do secretário de Estado da Juventude, Miguel Fontes, durante a cerimónia de assinatura do acordo entre o IPJ, o presidente da Confederação das Colectividades Portuguesas em França, que representa 165 associações, e o direcção da Associação Juvenil francesa CAP Magelan. Este protocolo irá permitir a instalação de postos de informação juvenil junto destas comunidades.

          O primeiro posto, instalado na associação CAP Magelan, já está em funcionamento e foi inaugurado no próprio dia da cerimónia, na Expo’98, através de uma vídeo conferência que envolveu uma conversa informal entre jovens lusodescendentes em França e o secretário de Estado da Juventude.

seta-3162555