[ Edição Nº 36 ] – AVISO À NAVEGAÇÃO!! por Rogério Severino.

0
Rate this post

barra-9405716 Edição Nº 36,   07-Set.98

linha-8631363

rogerio-9269289

AVISO À NAVEGAÇÃO !!
por Rogério Severino (Jornalista do “Jornal de Notícias” e
membro eleito do Conselho Geral do Sindicato dos Jornalistas)

Os olharapos da ponte, ou o avivar da memória

           Os ‘olharapos', terminologia usada para designar uns animais esquisitos que pululam pelas vias da Expo, são uma espécie que tem um olhar muito alargado, como de olheiras se tratasse; ou seja, vêm mais do que os outros.
          Se recuarmos a 1994, quando da luta contra o aumento das portagens na ponte 25 de Abril, estavam muitos dos que agora, sentados nas confortáveis cadeiras do poder, então protestavam. De facto, tiveram olho. Ajudaram a fazer cair o Governo anterior. Só que se esqueceram das suas posições de defesa dos interesses dos utentes da ponte. Que grandes olharapos…
          Lá andavam, quer a distribuir propaganda quer a participar no buzinão, quer ainda a contribuir para o engarrafamento da ponte. E não estavam sós pois além deles estavam elementos afectos ao PCP e também, veja-se as cambalhotas da politica, do PP, já monteirizado e que apanhou a boleia da contestação. Membros de diversas estruturas do Partido Socialista, da Margem Sul, deram a cara pois estavam na Oposição ao Governo da altura. Todos queriam que o Governo recuasse na intenção de aumentar as portagens. Veio a GNR, vieram o Ferreira do Amaral e o Dias Loureiro, ministros na altura, e com a luta cada vez mais endurecida tudo contribuiu para que em 1995, nas eleições legislativas, os eleitores mostrassem o cartão amarelo e depois, como se assistiu – e assiste – ganhou o PS.           Sobre a luta, sobre o aumento das portagens nada mudou, tudo ficou na mesma. Nada, não, pois quem mudou foram os militantes do PS, alguns deles hoje bem instalados na vida, quer em cargos de responsabilidade política, quer em grandes empresas onde são da confiança das Administrações. E então? Hoje a situação volta a colocar-se, estão a ser criadas condições para novos protestos, também contra o aumento das portagens, só que os olharapos, aqueles que na primeira altura estavam contra o Governo do PSD e contra as portagens, têm hoje o seu Partido no Poder e já não são contra as portagens, já consideram que devem ser aumentadas, já apelam ao diálogo, à compreensão e a toda aquela série circunstancial de reverências habituais de quem não tem espinha vertical. Esquecem-se de que estiveram na ponte nas horas de luta por uma finalidade e um problema que hoje se mantém, mas os seus micro-cérebros, onde se denotam resquícios de inteligência (resquícios são vestígios reduzidos á ínfima espécie) somente vêm os lugares que ocupam e por isso, tal como no futebol, aquilo que defenderam ontem hoje já não defendem; os aumentos das portagens impostos pelo Governo do PSD e contra os quais protestaram, hoje já estão correctos e se for preciso até defendem novos aumentos.           É com gente desta, com olharapos, que contamos nesta política doméstica. É com esta inconstância que defendem uma regionalização que como a ponte, cara como é, faz manter o fosso de distância e conflito entre ambas as margens. Como será que os olharapos, os do PS que estiveram no boicote e hoje fazem o seu ‘mea culpa' vão defender a integração da Península de Setúbal na Região de Lisboa? Quem ficará com a hegemonia da ponte? Setúbal ou Lisboa? Voltarão a contestar os aumentos ou passar-se-ão para o lado dos que pretendem os aumentos? Consideramos que com gente desta não se vai a lado nenhum, pois ninguém acredita neles quando ontem estavam contra os aumentos na ponte e hoje, como estão no Governo, estão a favor. Então, e se voltarem à Oposição, voltarão a estar contra?

          Sempre dissemos que a política faz perder a espinha vertical; mas daí a perder a dignidade, só para agradar às clientelas políticas, só os olharapos são capazes. O pior é que a Expo acaba dia 30 mas olharapos continuam.

seta-7968900