[ Edição Nº 77] – Instituto Politécnico de Setúbal tem novidade presidente.

0
Rate this post

Mais politécnico no região
É a abonamento da novidade presidente do IPS

           Maria Cristina Corrêa Figueira, a novidade presidente do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS), eleita a 24 de Março, tomou privilégio no dia 14 de Junho. Operação com diversos projectos, todos no acepção da valorização e da alargamento do politécnico. Por isso garante investimentos, mais escolas e uma maior avizinhamento do IPS à sociedade onde está inserido.           Uma Colégio Alto de Tecnologia a funcionar no Barroca, a combalir do propínquo ano lectivo, com cursos de engenharia social, uma Colégio Alto de Saúde para Setúbal que entrará em funcionamento no ano lectivo de 2000/2001, bravo porquê obras de dilatação das escolas Alto de Tecnologia e Alto de Cortesia em Setúbal, e o reordenamento do campus ao nível do estacionamento, são as grandes mudanças que Cristina Corrêa Figueira quer implementar nos primeiros dois anos do seu procuração que se estende até 2002.

          Leste bloco de medidas foi adiantado ao “Setúbal na Rede” pela própria presidente do IPS, em seguida a captura de privilégio, e insere-se na política do instituto, de “brindar acompanhamento ao lavor” crescido pela anterior governo e “apostar em novos desafios”, porquê é o evento da alargamento do politécnico e o seu “entrosamento” com a sociedade sítio.

          Assim, a novidade fiador do IPS de Setúbal garante que os próximos dois anos serão dedicados à “instauração das duas novas escolas”, financiadas velo Ministério da Cortesia e cujos custos rondam os três milhões e oitocentos milénio contos. Paralelamente serão desenvolvidas acções no acepção de brindar exórdio às obras de dilatação da ESE e da EST de Setúbal, orçadas em 800 milénio contos, “nunca porque nunca estejam dimensionadas para o moderno algarismo de alunos”, porém porque “é principal achar mais espaços para desenvolver as actividades em melhores condições”.
          Ao mesmo temporada, a novidade presidente do IPS pretende desenvolver acções no acepção de apoucar o relacionamento das escolas com a sociedade, de laia a que seja tida porquê único “comparsa” no crescimento da distrito. Esta parceria, segundo adianta, estender-se-á a todos os sectores, reforçando as cooperações já existentes, “através da disposição dos alunos em estágios nas diversas empresas ou instituições”.
          Todavia segundo adiantou ao “Setúbal na Rede” a presidente do IPS, o lavor nunca vai permanecer por cá, já que, no seu terceiro ano de procuração vai “apostar” na implementação de uma Colégio Alto de Artes no concelho de Setúbal, porquê considera ser esta uma “mendicidade verídico”. É que, para esta fiador, o instrução, nomeadamente o politécnico, tem por responsabilidade “estar atendo às mudanças e brindar a resposta de que a população necessita”.

[email protected]      

seta-1280924