[ Edição Nº 82] – Petrogal investe 120 milhões em Sines.

0
Rate this post

Petrogal investe em Sines
120 milhões para a reabiltação da refinaria

       A refinaria de Sines vai ser alvo de investimentos na ordem dos 120 milhões de contos. A novidade foi avançada pelo director de refinação da Petrogal, Soares Mota que refere ser este investimento uma aposta no cumprimento das novas leis comunitárias sobre combustíveis.

A construção de novas unidades e a reabilitação de todas as outras é a grande aposta da refinaria de Sines para os próximos dois anos e meio. São 120 milhões de contos de investimento, dos quais 50 milhões poderão ser recuperáveis a médio prazo, uma vez que segundo o director de refinação da Petrogal, Soares Mota, esta verba “será investida numa central de ciclo combinado”.

Segundo adianta este responsável, o plano para a refinaria de Sines, cujo início está previsto para meados do próximo ano, será desenvolvido ao abrigo do compromisso assumido pela Petrogal, de no dia 1 de Janeiro de 2003 “começar a cumprir as normas comunitárias“, sobre a refinação de petróleo.

As tentativas de ajustamento tecnológico à necessidade de protecção do meio ambiente e, ao mesmo tempo, às necessidades do mercado, têm levado a refinaria a diversos investimentos ao longo dos últimos anos. Em 1996, para se adequar às novas necessidades do mercado de combustíveis, em especial no domínio do petróleo e da gasolina sem chumbo, a refinaria sofreu uma profunda alteração de funcionamento.

Uma alteração que causou a reconfiguração e ampliação do espaço, que passou a dispor de 300 hectares e 20 unidades processuais, incorporando os mais recentes avanços tecnológicos da indústria petrolífera mundial. O esforço em investir na modernização tecnológica é destacado por Soares Mota que refere a existência de “uma preocupação crescente com a protecção ambiental“.

E é por essa razão que a empresa “faz questão” de, periodicamente, incorporar tecnologias de alta segurança na refinaria de Sines. Para Soares Mota, esta preocupação vai para além do cumprimento das normas comunitárias, uma vez que a sua principal preocupação é “a assunção das responsabilidades da empresa para com a sociedade civil“.

A Petrogal implantou a refinaria de Sines em 1978, tendo a produção começado no ano seguinte. Esta empresa é considerada um dos maiores empregadores do litoral alentejano e dedica-se à transformação do petróleo. Actualmente dispõe de uma capacidade de refinação de 10 milhões de toneladas de petróleo bruto por ano.