[ Setúbal na Rede ] – Informação Empresarial

0

Consumo de água cresce em Setúbal
O consumo de água no concelho de Setúbal cresceu 9% entre 1998 e 1999 e 5% entre 1999 e 2000, devido ao aumento da população, segundo informação difundida pela empresa Águas do Sado. Segundo os responsáveis pelo serviço de abastecimento de água em Setúbal, também a água captada e tratada aumentou 9% entre 1998 e 99 e 3,4% em 2000.
O consumo médio em Setúbal, encontra-se abaixo dos valores registados nas maiores cidades portuguesas, mas prevê-se que, dentro de 4/5 anos, Setúbal tenha um consumo por lar idêntico ao registado em Lisboa e Porto.
O consumo doméstico é actualmente o mais representativo (68%); seguindo-se as empresas e industrias (17%) e, por último, as autarquias (12%).
Em Setúbal, a água é a segunda mais barata do país, logo seguida da Moita, ao contrário de Lisboa ou de Sintra, onde a água custa o dobro. Em Setúbal, o maior conjunto de captações é o de Algeruz (67,2%) e em Azeitão o de Pinhal de Negreiros (84%).    (24-09-01 13:30)