Europa e mundo ainda não saíram da pandemia

0

Bassetti, sobre vacinas de dados para crianças, estou confiante

As vacinas contra o Covid-19 na faixa etária de 5 a 11 anos ainda estão em 35% “também porque a campanha começou em dezembro, depois chegou a quarta onda com quarentenas, fechamentos e papai.

Acredito que muitos pais que gostariam de vacinar seus filhos se viram enredados nesses eventos.

Dê um tempo, estou confiante”. Isso foi afirmado por Matteo Bassetti, diretor da Clínica de Doenças Infecciosas do hospital San Martino em Gênova, falando em Metropolis, o podcast com vídeo de Repubblica.it. Sobre as dúvidas dos pais sobre as vacinas, Bassetti comentou: “A vacina Covid nada mais é do que uma das muitas vacinas que damos às crianças.

Não vejo porque Covid não e sarampo e rubéola sim. São todas doenças infecciosas e contagiosas que podem apresentar complicações, mesmo que menores na criança do que no adulto, como muitas outras doenças infecciosas. A atitude de quem, em nosso país, considera perigosa a vacina da Covid é emprestada do pensamento anticientífico, e é o que poderia ser pior”.

“Nem a UE nem outras partes do mundo ainda estão fora desta pandemia” e “acho que dizer que superamos a crise, dadas as muitas reviravoltas desta pandemia, não é uma frase que eu usaria”.

Isto foi afirmado pela Comissária Europeia para a Saúde

Stella Kyriakides, no final da Conferência Conjunta dos Ministros Europeus dos Negócios Estrangeiros e da Saúde em Lyon. “O que estamos a ver é que os casos na maioria dos Estados-Membros estão principalmente relacionados com a variante.

Omicron, nas últimas sete, oito semanas houve uma estabilização das hospitalizações e mortes” e para isso “há evidências claras de que as vacinas eles funcionam”, explicou Kyriakides, acrescentando que “estamos a ver que alguns Estados-Membros atingiram o pico” de casos “com a Omicron”.

“No entanto – acrescentou -, ‘nunca diga nunca’ com esta pandemia, pelo que devemos continuar a ser cautelosos, olhar para a situação epidemiológica de cada país e continuar a incentivar os cidadãos a vacinarem-se”.

isto-foi-afirmado-pela-comissaria-europeia-para-a-saudeEspanha, Novavax passará a ser alérgica a outras vacinas

A vacina Covid Novavax, a quinta autorizada na União Europeia, será recomendada em Espanha a “pessoas que não conseguiram vacinar” ou que “receberam uma vacinação incompleta” devido a “reações adversas graves” às vacinas de mRna”.

Alergias” a componentes presentes nestas vacinas ou “outras indicações médicas”: é o que foi estabelecido pela comissão de especialistas integrada no Ministério da Saúde, de acordo com a última atualização da estratégia nacional de vacinação.

Para mais informações: Novavax na Itália, precursores da LazioGb, 68.214 infecções e 276 mortes

Nas últimas 24 horas, a Grã-Bretanha registou 68.214 novas infeções e 276 mortes por covid-19, segundo dados divulgados pelas autoridades de saúde. Na quarta-feira passada, as infecções reportadas tinham sido de 88.085 e 534 mortos, sendo o número de óbitos particularmente elevado porque incluiu a recuperação de óbitos nos dias anteriores.

Portaria da Campânia, máscaras ao ar livre até 28 Na Campânia, o uso de máscaras ao ar livre “continua a ser obrigatório, no território regional, em todos os locais não isolados – por exemplo nos centros urbanos, praças, ao longo dos passeios em horários e situações de aglomeração – bem como em filas, filas, mercados ou feiras e outros eventos, mesmo ao ar livre, e em contextos de transporte público ao ar livre como ferries, barcos, navios”. Isso foi estabelecido pela portaria assinada hoje pelo governador Vincenzo De Luca, válida – sem prejuízo das regulamentações nacionais – até 28 de fevereiro. O texto confirma os avanços divulgados esta manhã pela Região.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui