O número de crianças hospitalizadas caiu 11,3%

0

Redução de dois dígitos nas internações de crianças por Covid monitoradas nos 4 hospitais pediátricos e nas enfermarias pediátricas dos hospitais sentinela da rede Fiaso: o percentual de internações cai 11,3%. 61% estão entre 0 e 4, 24% entre 5 e 11, 15% entre 12 e 18.

Em particular, os bebês, de 0 a 6 meses, representam 26% do total e, entre eles, apenas 48% têm ambos os pais vacinados. “Por outro lado, os dados sobre a presença de ambos os pais não vacinados em 31% dos recém-nascidos hospitalizados são preocupantes. Nos restantes casos, 17% têm apenas o pai vacinado e 4% apenas a mãe”.

Locatelli, 4 milhões de doses pediátricas, reações adversas locais

“Existem 4 milhões e 278 mil doses da vacina anti-Covid administradas na faixa pediátrica e houve 1170 relatos de eventos adversos, mas na maioria não graves. Na faixa de 5 a 11, somos 35% dos indivíduos que receberam a primeira dose e a taxa de notificação de eventos adversos graves é de 1,74. Por isso, gostaria mais uma vez de tranquilizar os pais”.

Isto foi afirmado pelo coordenador do CTS Franco Locatelli na apresentação do ‘Relatório anual de segurança da vacina anti-COVID 27/12/2020 -26/12/2021’ da Aifa, sublinhando que “a grande parte dos efeitos colaterais nesta faixa são reações locais”.
12:40

5% estão internados por outras doenças e Covid positivo

Há um mês, o número de pacientes internados por Covid, que desenvolveram pneumonia e sintomas respiratórios, diminuiu significativamente. Mas há um elemento que vai contra a tendência: as internações com Covid estão crescendo, ou seja, os pacientes que chegam ao hospital para tratar outras doenças e dão resultado positivo para o swab pré-hospitalar e que aumentou 5% em um semana.

Atualmente, os pacientes com Covid representam 39% dos hospitalizados. Ele emerge do levantamento da Fiaso (Federação Italiana de Saúde e Hospitais) de 8 de fevereiro.

Relatório Fiaso, -3,7% de internações na última semana

Em uma semana, o número de pacientes internados com Covid diminuiu 3,7%. Portanto, “a curva de internações nas enfermarias Covid está caindo lentamente”. Isso foi revelado pelo relatório Fiaso, a Federação Italiana de empresas de saúde e hospital, que contou 2.025 pacientes em hospitais sentinela em 8 de fevereiro, em comparação com 2.103 em 1º de fevereiro.

Nas enfermarias normais, a diminuição de doentes é de 3,3% (o número total de doentes passa de 1.908 para 1.845).

O relatório destaca ainda uma redução de dois dígitos nas internações pediátricas acompanhadas nos 4 hospitais pediátricos e nas enfermarias pediátricas dos hospitais sentinela aderentes à rede Fiaso. O percentual de internações cai 11,3%.

  • relatorio-fiaso-37-de-internacoes-na-ultima-semanaEm detalhe, 61% dos pacientes internados têm entre 0 e 4 anos, 24% entre 5 e 11 anos, 15% entre 12 e 18 anos.
  • Em particular, os bebês, de 0 a 6 meses, representam 26% do total e, entre eles, apenas 48% têm ambos os pais vacinados.

Por outro lado, os dados relativos à presença de ambos os pais não vacinados em 31% dos recém-nascidos hospitalizados são preocupantes. Nos restantes casos, 17% têm apenas o pai vacinado e 4% apenas a mãe.

Internações intensivas diminuíram 7,7% em 7 dias

Em uma semana, o número de pacientes com Covid internados em terapia intensiva diminuiu 7,7% em relação à semana anterior (de 195 em 1º de fevereiro para 180 em 8 de fevereiro). Nas enfermarias normais a diminuição de doentes é de 3,3% e o número total de doentes passa de 1.908 para 1.845. A curva de internações nos departamentos de Covid de 8 de fevereiro em hospitais sentinela, segundo o levantamento da Fiaso (Federação Italiana de Saúde e Hospitais), contabilizou 2.025 pacientes contra 2.103 em 1º de fevereiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui