[ Dia 21-02-2001 ] – Palmela Desporto quer alargar intervenção.

0

Palmela Desporto quer alargar intervenção

A empresa municipal de gestão de espaços e equipamentos desportivos municipais Palmela Desporto, criada em 1999, com base na lei 58/98, conhecida com lei das empresas municipais, quer alargar o âmbito de trabalho de modo a abranger o máximo de população possível nas actividades desportivas de que dispõe e, ao mesmo tempo, estabelecer parcerias com diversos sectores da comunidade para actividades culturais e recreativas de modo a rentabilizar os espaços.

Cerca de um ano depois de entrar em funcionamento, a Palmela Desporto quer abrir as portas a parcerias com entidades do concelho e fora dele, “no sentido de rentabilizar os espaços desportivos locais em áreas não ligadas ao desporto”. Por isso, Luís Liberato,  presidente do Conselho de Administração, diz estar na hora de abrir as portas a actividades complementares, quer lúdicas quer culturais, propostas quer por empresas quer por grupos de cidadãos. É que para além de rentabilizar o espaço, esta medida “aproxima ainda mais a comunidade dos equipamentos e da actividade desportiva”, podendo mesmo este ser mais um factor de captação de novos e velhos para as actividades de que dispõe.

Como em 2001, pretende continuar a promover o desenvolvimento desportivo no concelho a empresa quer agora criar mais condições para as várias modalidades de que dispõe, bem como para as actividades recreativas e para a formação e a alta competição.

E nesta área, segundo conta Luís Liberato, “Palmela dispõe de uma equipa federada de natação” que em Março irá entrar no campeonato nacional. Para este responsável, este é um dos melhores exemplos do que a empresa pode fazer pelo desporto de competição no concelho.

Para já, assegura estar em marcha a organização, por parte da empresa, de um campeonato regional de natação, torneios de futebol de salão e ainda parcerias na organização das Festas das Vindimas, das Festas de Pinhal Novo e na realização do programa Férias Desportivas.

Na área do desporto para todos, que ao longo de cada ano movimenta milhares de jovens e adultos, Luís Liberato sublinha os contratos programa estabelecidos com a Câmara Municipal, que permitem à empresa desenvolver actividades desportivas para populações com menor capacidade financeira  “a preços muito inferiores em relação ao estabelecido e, em muitos casos, até com carácter gratuito”.

Por outro lado, e tendo como objectivo social a gestão, administração e conservação dos equipamentos desportivos do concelho, a empresa municipal pretende assegurar a qualidade das condições da prática desportiva, pelo que o presidente da Palmela Desporto quer agora partir para “a melhoria da qualidade” dos serviços e dos equipamentos. Assim, considera importante a prevista execução da segunda fase da Piscina Municipal de Pinhal Novo, que engloba uma piscina ao ar livre, com solário e equipamento de restauração.

De referir que a Palmela Desporto é responsável pela gestão de espaços como as piscinas municipais de Palmela e de Pinhal Novo, o pavilhão desportivo municipal de Pinhal Novo e o complexo desportivo Municipal de Palmela. Quatro equipamentos que, segundo conta o presidente da Câmara, Carlos de Sousa, se pretendem bem utilizados e com as melhores condições de oferta desportiva, pois “o objectivo é prestar serviço de qualidade à população”.