[ Dia 06-03-2001 ] – Expo Região privilegia ambiente e desenvolvimento.

0

Expo Região privilegia ambiente e desenvolvimento

A terceira edição da Expo Região, um certame criado em 1999 para promover os 13 concelhos do distrito de Setúbal, vai apostar este ano em novas componentes, nomeadamente nas discussões sobre temas importantes para o desenvolvimento regional. Por isso, e pela primeira vez, a organização prevê encontros/debate sobre o modelo de desenvolvimento e as questões ambientais que afectam o distrito, entre elas a queima de resíduos industriais perigosos no Parque Natural da Arrábida. A novidade foi avançada pelo presidente da AERSET, José Santos, que vê a Expo Região como um espaço de divulgação do que o distrito tem de melhor.

Entre os dias 28 de Março e 1 de Abril,  o pavilhão de exposições da AERSET/Associação Empresarial da Região de Setúbal, vai receber expositores de todo o distrito em representação de sectores como o comércio e serviços, as empresas e indústrias, bem como as autarquias e instituições que fazem parte do tecido social da região, numa acção que se pretende “demonstrativa” do potencial e das capacidades de desenvolvimento no quadro da Área Metropolitana de Lisboa (AML).

Mas este ano o certame vai mais longe, pois para além dos expositores que se pretende cheguem aos 150, a organização quer pôr os visitantes a discutir as opções de desenvolvimento regional. Por isso, os encontros/debate a realizar no local, com a presença de especialistas em ambiente e desenvolvimento, poderão contribuir para a ‘afinação’ de uma estratégia concertada para o futuro que, segundo garante a AERSET, se pretende fundamentada no turismo.

A garantia é do líder da associação empresarial que, em conjunto com a Associação de Municípios do Distrito de Setúbal (AMDS) e a Região de Turismo de Setúbal (RTS), deram corpo à concretização da primeira edição, ocorrida em 1999.Tendo vindo a ganhar adeptos ao longo das edições, o certame ganhou agora mais adeptos, pois à organização do certame associaram-se, este ano, entidades como a Associação de Comerciantes do Distrito de Setúbal (ACDS) e a Agencia de Desenvolvimento Regional (ADR).

Para o presidente da ADR, e presidente da Câmara do Seixal, Alfredo Monteiro, iniciativas como a Expo Região resultam da união de esforços entre diversas instituições e empresas, o que no seu entender mostra a capacidade de organização do distrito em torno de uma causa comum. E no entender deste responsável, só é pena que “a este esforço não corresponda investimento por parte da administração central”.

Mais ainda, o autarca e presidente da ADR acusa os sucessivos governos de “nunca terem tido interesse em corresponder, por via dos investimentos, ao nosso esforço de desenvolvimento regional”. Este ano a Expo Região vai contar com expositores oriundos de todo o distrito, desde as 13 autarquias locais a empresas e indústrias sediadas na região, passando pelo comércio e serviços, um sector que este ano se estreia neste certame considerado o mais importante meio de divulgação do distrito de Setúbal.