[ Dia 23-05-2002 ] – Santiagro 2002 abre com dificuldades.

0
Abre hoje (23 de Maio) ao público a 15ª edição da Feira Agro-pecuária do Litoral Alentejano, a Santiagro 2002, que se prolonga até ao próximo domingo dia 26. Uma feira que mais uma vez se confronta com muitas dificuldades, quer a nível financeiro, quer ao nível infraestrutural. Um problema que se tem agudizado nos últimos anos face à elevada procura do certame por parte dos expositores.

Este ano a organização recebe cerca 300 expositores, um número sensivelmente idêntico ao do ano passado, mas que deixa de fora muitos outros que se viram arredados da exposição. O motivo desta recusa de expositores, prende-se com a constante falta de infra estruturas que se tem verificado nos últimos anos, e que tende a manter-se.

Carlos Aragão, presidente do conselho de administração do Núcleo de Exposições, Gestão e Desenvolvimento do Litoral Alentejano (NEGDAL), diz que apesar de pequenas melhorias que têm ocorrido no espaço onde decorre a feira, estas são “insuficientes” e “não existe capacidade financeira” para suportar obras, que custam milhares de euros. O dirigente associativo mostra-se impotente para resolver o problema e queixa-se da falta de apoios a que tem sido vetado o certame.

O mesmo lança o repto à autarquia santiaguense, “pois a feira está a crescer de importância e em dimensão, e é necessário melhorar e criar novas infra-estruturas”. A construção de um auditório e instalações de apoio ao secretariado, anunciadas no ano passado, ficaram mesmo na gaveta por falta de dinheiro.

Apesar deste cenário, Carlos Aragão mostra-se optimista quanto ao certame deste ano, considerando as perspectivas “boas”, dentro da normalidade da feira, sem pensar num certame megalómano. Um evento que apresenta poucas novidades em relação ao ano passado, mas que mantém o objectivo de alertar para as dificuldades e para os problemas que atravessam os sectores da agricultura e da pecuária. Dois sectores que apesar dos objectivos da organização, vão cada vez mais dando lugar à industria e ao comércio, facto que se prende com a “diminuição de importância que se tem dado a estes dois sectores da economia nacional”.

Mais uma vez o destaque vai para o cavalo e para os concursos ligados aos equídeos. Do programa destacam-se ainda os concursos de gado bovino e os colóquios onde estarão em discussão a comercialização de gado em parque de leilões, intervenção no Litoral Alentejano e maneio – jovens reprodutores.

Ao nível dos espectáculos, destaque para a corrida de touros que contará com a presença dos cavaleiros António Teles, Vítor Ribeiro, Brito Pães e dos forcados amadores de Coruche e Moura. As actuações dos grupos Eternal Morning, The Cliftons, Ébano, e os Canta Bahia, são outras das atracções da edição deste ano da Santiagro.  seta-7042368