[ Dia 09-12-2003 ] – Ana Isabel Alves candidata-se às eleições concelhias do PSD.

0
Rate this post

Ana Isabel Alves
candidata-se às eleições concelhias do PSD

Ana Isabel Alves, ex-vereadora do Trânsito do executivo camarário de Mata Cáceres, candidata-se às eleições concelhias do PSD em Setúbal, que vão decorrer no próximo dia 12 de Dezembro. Assume como grande objectivo a “dinamização da secção de Setúbal, com vista às eleições autárquicas de 2005”, de forma a “ganhar a câmara”. A lista B já definiu o “perfil ideal” do candidato à autarquia de Setúbal, contudo Ana Isabel Alves não quis revelar um nome.

A candidata disse ao “Setúbal na Rede” que quer “devolver aos setubalenses o gosto de viver na cidade”. Para a ex-vereadora, é importante “não só criticar”, como também “propor soluções”. O ordenamento do território e a gestão urbanística “são dois problemas que Setúbal enfrenta actualmente”. A candidata crítica o “crescimento caótico” e a “falta de visão da câmara” para resolver estas questões. A lista B defende que a situação económica da câmara “não pode ser desculpa o crescimento, sem desenvolvimento” que o concelho atravessa.

Para Ana Isabel Alves, o trânsito precisa de reformas urgentes, e dá como exemplo o facto de não haver alternativas à variante Brancanes/Cascalheira. “São necessárias novas saídas de Setúbal”, afirma a candidata, porque “ainda não se ligou esta variante à via rápida do Jumbo”, o que melhoria a situação.

Diz ainda não compreender porque é que o Plano Municipal de Trânsito “ainda não foi posto em prática”. A ex-autarca refere que deixou concluído o contrato com a Universidade de Coimbra, para estudar o Plano Municipal de Trânsito, e esta instituição já tinha concluído a primeira e segunda fases do estudo. Tendo sido o trânsito o seu anterior pelouro, Ana Isabel Alves, não compreende porque é que não foram criados novos estacionamentos. A candidata elege o Bairro do Salgado como uma das zonas residenciais com mais problemas nesta área.

Os transportes públicos também são uma preocupação, uma vez que nos últimos dois anos “não se criou uma alternativa aos actuais autocarros”. Ana Isabel Alves refere que se poderia optar por “corredores especiais” para autocarros, e também pela criação de uma rede de mini-bus. “É de salientar que esta também foi uma das questões estudadas pela Universidade de Coimbra”, refere.

Ana Isabel Alves pretende ser uma alternativa a Paulo Valdez, o candidato pela lista A. O objectivo é semelhante, pois ambos incluíram nos respectivos programas a necessidade de “constituir uma alternativa credível ao Partido Comunista e ao Partido Socialista”. Contudo, segundo a antiga vereadora, a forma de praticar política “é muito diferente”. Para Ana Isabel Alves, a lista A representa a recandidatura de uma equipa que “não soube criticar na altura certa”, nem “colocar em prática objectivos”.

A candidata afirma que “os militantes do PSD estão desmotivados” e, por isso, é “necessário trazê-los de volta para o partido”. Assim, a lista B pretende organizar seminários, conferências e convites a membros do governo, de forma a estimular os seus militantes e a sociedade civil para o debate público. Reactivar o Conselho Consultivo, melhorar a articulação entre os autarcas e a Comissão Política e promover visitas de trabalho às freguesias e instituições do concelho são outras das propostas desta lista, de forma a alcançar a câmara de Setúbal em 2005.seta-8622569