[ Dia 13-05-2004 ] – Vitória já tem treinador mas não revela o nome.

0
Rate this post

Vitória já tem treinador mas não revela o nome

O presidente do Vitória de Setúbal, Chumbita Nunes, revelou ontem, durante o concurso Miss Vitória 2004, que “já está contratado” o treinador para a próxima época. No entanto, o líder do clube não quis revelar o nome do eleito, que será apresentado “na próxima semana”. Entretanto, Joana Batista, de 15 anos, ganhou o direito de ser o “rosto feminino da marca Vitória” durante o próximo ano.

Chumbita Nunes anunciou que o Vitória já tinha contratado um novo treinador em pleno palco do Fórum Municipal Luísa Todi, onde decorreu o evento. No final, ao “Setúbal na Rede”, o dirigente confirmou a notícia, mas recusou adiantar o nome. “Temos de ter ética”, adverte, lembrando que a equipa principal do Vitória partia hoje para uma digressão aos Açores, “ainda com o treinador antigo”. O grupo de trabalho só regressa a Setúbal na próxima segunda-feira, pelo que a apresentação do técnico deverá ocorrer “na terça ou na quarta-feira”.

O presidente do Vitória garante que o futuro treinador “corresponde ao perfil” que tinha sido tratado pela administração da SAD. “É jovem, tem bagagem, é da nova geração e estava na Superliga”, revela Chumbita Nunes. O perfil coincide com o de José Couceiro, que se está a desvincular do Alverca. Confrontado com esse nome, o dirigente não confirma. “Há muitos treinadores jovens em Portugal”, recorda, ao mesmo tempo que garante que o escolhido “preenche todos os requisitos” para que o Vitória chegue “aos lugares que merece”. Ainda no palco, Chumbita Nunes garantira que pretende ver o clube setubalense repetir os feitos dos anos 60 e 70, os mais gloriosos da sua história.

Chumbita Nunes ainda não sabe o período de contrato do novo treinador. “Basta a palavra dele para que tudo fique acordado”, afirma, convicto de que será “um bom sucessor para Carlos Carvalhal”, de quem “não fica atrás”. O dirigente aproveita para elogiar o técnico que agora cessa funções. “É um grande treinador, um excelente condutor de homens”, refere.

Joana Batista é a primeira Miss Vitória

“Estou preparada para representar o Vitória”. Quem o afirma é Joana Batista, de 15 anos, eleita ontem Miss Vitória 2004. O júri presidido por Paula Costa, da direcção do Vitória, e que contou com elementos como o ex-jogador Chipenda e o cantor Toy, entre outros, escolheu uma das mais jovens e mais altas concorrentes para ser o novo rosto da marca Vitória. Chumbita Nunes, que diz que o júri “escolheu muito bem”, admite que o clube “precisava de uma imagem feminina”, de forma a “mostrar a vitalidade e a beleza” do Vitória.

Joana Batista, que, entre outros prémios, ganhou uma viagem à Tunísia, não é sócia do Vitória, mas “o que conta é o coração, não os papéis”. A jovem estudante tem como “grande sonho” ser educadora de infância, mas não rejeita a hipótese de vir a fazer carreira como modelo. Francisca Assunção, de 21 anos, foi eleita primeira Dama de Honor, enquanto Sara Santos, de 18 anos, foi escolhida como segunda Dama de Honor. O prémio Miss Simpatia foi atribuído a Tânia Pereira, de 23 anos, a mais velha das candidatas.

Além dos desfiles das candidatas, o espectáculo contou ainda com actuações da secção de ginástica do Vitória, do cantor Eduardo Santana, do Quarteto de Jazz de Setúbal, do TAS e da fadista Deolinda de Jesus. Para Chumbita Nunes, é um evento “louvável e demonstrativo da força do Vitória”, que contribui para a “união entre os associados”. O dirigente garante que, “enquanto estiver na direcção”, o Miss Vitória “continuará todos os anos”. seta-4186834