[ Dia 21-12-2004 ] -Protesto do Vitória de Setúbal segue amanhã para Liga de Futebol.

0

Protesto do Vitória de Setúbal segue amanhã
para Liga de Futebol

O presidente do Vitória de Setúbal, Chumbita Nunes, garantiu ao “Setúbal na Rede” que, “amanhã, o clube vai entregar na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP) o protesto do jogo entre a União de Leiria e o Vitória F.C.”, a contar para a 15.ª jornada da Superliga. O responsável afirma mesmo que, logo após o jogo do passado domingo, a direcção do Vitória mostrou o seu descontentamento e “protestou”, perante a Liga, a situação “polémica” que originou o golo da União de Leiria. 

A lei dita que só passados quatro dias da realização de uma partida de futebol, pode ser apresentado o protesto oficial na LPFP. Por isso, só amanhã seguem as alegações do Vitória de Setúbal referentes ao jogo de domingo, em que o golo do Leiria foi marcado com a presença de duas bolas dentro das quatro linhas. Para Chumbita Nunes, o mais importante nem são “os pontos perdidos pelo Vitória na tabela classificativa”, mas, “muito mais grave do que isso é o facto de se tratar de um erro técnico”. “Segundo as regras do futebol, em campo deve estar uma e não duas bolas”, por isso apela para que os responsáveis da Liga “apurem a verdade”.

De acordo ainda com uma fonte da direcção do clube, “o protesto vai ser acompanhado por imagens gravadas pela estação televisiva que transmitiu o jogo (SportTv)” e, também, por “imagens captadas pelo próprio Vitória de Setúbal”. A mesma fonte refere ainda que “o protesto foi apresentado ao árbitro, João Henriques”, no final da partida, e que este o “incluiu no seu relatório”.

O “Setubal na Rede” entrou em contacto com a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, mas foi-nos dito que a Liga “não presta quaisquer declarações sobre o assunto”.seta-4125685