[ Dia 31-12-2004 ] – ASSENTO PARLAMENTAR por Mariana Aiveca .

0

ASSENTO PARLAMENTAR
por Mariana Aiveca
(Conselho nacional da CGTP e nº 2 da lista do
Bloco pelo distrito de Setúbal às eleições legislativas)

Não tememos compromissos ou acordos,

porque os temos com o povo, pois claro!

O distrito de Setúbal tem sido enteado, mal tratado, e em alguns aspectos até abandonado pelos governantes deste nosso pequeno País. Podemos mesmo dizer que encabeça o ranking de tudo o que de pior acontece.

Mais de 40 mil desempregados, na maioria mulheres a somar a muitos milhares, na maioria jovens sem vínculo laboral ou contratados a prazo. As falências tantas vezes fraudulentas, reflectem-se nos rostos de quem tenta resistir à porta das empresas.

A pobreza e a exclusão social atingem novos sectores

A população imigrante continua periférica aos mais elementares direitos, habitação, nacionalidade das crianças nascidas no país, legalização de situações.

A Saúde é tratada como mercadoria, os problemas são cada vez maiores quer para os profissionais, quer para os utentes.

O Ambiente com a ameaça que aí está de novo pela mão do Eng. Sócrates de Co-incineração no Outão vai sofrer graves estragos desperdiçando os recursos naturais de um distrito rendido aos ditames da construção civil.

Mas é preciso é mesmo vital ter a coragem para mudar dando impulso a novas politicas de esquerda para o distrito de Setúbal.

Para as mulheres e homens deste distrito, é muito pouco ficarmos apenas pela defesa das conquistas de Abril ou pela exigência de um novo governo. Não! Isso seria demasiado pouco, seria até de menos, seria pensar no passado e desistir no futuro. Queremos muito mais, queremos assumir o compromisso de colocar no centro do debate politicas que: combatam o desemprego e a exclusão social, dignifiquem e valorizem os serviços públicos passando os três Hospitais SA, que existem no distrito para o Sector Público Administrativo.

Politicas que: impeçam a destruição ambiental e a má gestão do território, façam justiça fiscal criminalizando a fraude e a evasão de quem tem grandes fortunas e não paga impostos. Que garantam os direitos de cidadania das mulheres, dos e das imigrantes, das pessoas idosas, tragam novas oportunidades aos jovens.

Os candidatos e candidatas do Bloco de Esquerda pelo distrito de Setúbal, querem contribuir para um novo ciclo, no novo ano para que este seja bom, porque os trabalhadores e as trabalhadoras bem o merecem.

Não tememos compromissos ou acordos porque os temos!