[ Setúbal na Rede ] – PEDEPES – Reforço da capacidade do tecido empresarial1

0


Eixo Estratégico 3

Reforço da capacidade do tecido empresarial
 

Página anterior
 

Quadro III.18 – Medidas ao nível da educação

Medidas Descrição sumária Localização/
âmbito de aplicação
Promotores privilegiados

112. Medidas visando a melhoria da rede de instituições de ensino

Actuações que passarão pelo aumento da cobertura de pré-escolar, construção /substituição de escolas do Ensino Básico e Secundário (pré-fabricados, provisórios), instalação de ensino e sistemas de suporte às novas tecnologias de comunicação e informação na totalidade das escolas do 1º ciclo, promover parcerias com o ensino universitário no domínio do Ambiente, Produção de Aquacultura, Meios Marinhos e Estuarianos, promover Alcochete como ponto de apoio à investigação e produção de Aquacultura, Meios Marinhos e Estuarianos, e reforço do Politécnico no Arco Ribeirinho.

Ministério da Educação, Autarquias

113. Medidas de apoio ao desenvol-vimento e criação de escolas profissionais e das suas inter-faces com o ensino regular e empresas

Actuações que permitam um aumento significativo do número de lugares das escolas profissionais, o aumento da formação em posto de trabalho e construção de laboratórios e oficinas em escolas secundárias e profissionais. Privilegiar a criação de cursos com carácter inovador em termos das novas tecnologias sempre em forte articulação com as neces-sidades dos potenciais empregadores locais e recorrendo a algumas Universidades existentes.

 

114. Apoio à forma-ção de professores e criação de um sistema de incentivos para projectos inovadores

Apoio à formação de professores e incentivo à sua substituição para efeitos de formação, apoio a projectos inovadores nas escolas ou nas comunidades, apoio dos municípios a projectos pedagogica-mente inovadores

 

115. Elaboração de programas para apoio pedagógico para zo-nas de exclusão e crianças e jovens ab-sentistas ou com forte insucesso

Dotação de recursos para acompanhamento de crianças e jovens absentistas ao nível da escolaridade obrigatória, dotação das escolas de risco de equipas técnicas de apoio a crianças e jovens com problemas comportamentais, apoio do municípios a projectos com crianças e/ou famílias em zonas problemáticas

 

116. Fomento de instâncias de reflexão e acção, entre as várias estruturas inter-venientes nos “siste-mas locais de educa-ção”

Criação de um Observatório de sucesso/insucesso e abandono na CAE, criação de Comissões Locais de Educação em todos os concelhos ligados ao Observatório de Educação; criação da Comissão Regional de Educação para monitorizar o avanço da formação qualificação da mão-de-obra local e com apoio de uma escola superior local

Autarquias, as várias estruturas dos serviços centrais e regionais da educação, desporto, juventude, formação profissional e emprego

Página seguinte